06 de março de 2018

Em meio à vida, estamos envolvidos pela morte

Lutero conhecia da Igreja medieval a antífona De morte. O povo a cantava como intercessão, lamento, em favor dos mortos, mas também em meio a batalhas. Baseado nele, ele compôs "Em meio à vida, estamos envolvidos pela morte".

 

Não é o medo ante a morte próxima a tônica do compositor no novo hino, mas o arrependimento por causa do pecado que provocou a ira de Deus. Proclama, basicamente, a misericórdia de Deus, a satisfação feita pelo pecado, através do sacrifício de Cristo, o consolo que vem para a fé que nele confia.

 

O fato concreto que levou Lutero a recompor o hino e a acrescentar-lhe duas estrofes é acontecimento de 5 de julho de 1524. Naquela data, afogou-se no rio Elba o humanista Guilherme Nesen, quando o barco no qual remava com o Prior Brisger bateu em tronco de árvore. Diversas cartas de Lutero dão testemunho do impacto que nele causou a morte do humanista. Mas não é só isso. As cartas também testemunham a grande preocupação que lhe causam os entusiastas. A morte do amigo e os entusiastas fazem com que o hino culmine no grito "Ó Salvador santo e benigno, eterno Senhor, dá que não percamos nossa fé em teu amor!"

 

1 - Dia e noite, sem cessar, nos rodeia a morte.
Quem iremos nós buscar, p'ra que nos conforte?
Só tu, Senhor, nos salvas.
Rogamos-te de coração: Livra-nos da perdição.
Santo Deus e Senhor, onipotente Deus,ó Salvador santo e benigno, eterno Senhor, dá que em nossa morte não nos vençam medo e dor.
Kyrie eleison.

 

2 - Dia e noite, sem cessar, nos rodeia o inferno.
Quem nos poderá livrar do tormento eterno?
Só, tu, Senhor, nos salvas.

Em teu amor perdoaste a nós transgressão e culpa atroz.

Santo Deus e Senhor, onipotente Deus,ó Salvador santo e benigno, eterno Senhor, dá que não triunfem ódio e infernal temor!

Kyrie eleison.

 

3 - Dia e noite, sem cessar, nos rodeia o medo.
Em quem nos vamos refugiar?
Quem nos dará abrigo?
Só tu, Jesus amado!
Na cruz verteste o sangue teu, nossa culpa em ti morreu.
Santo Deus e Senhor, onipotente Deus, ó Salvador santo e benigno,
eterno Senhor, dá que não percamos nossa fé em teu amor!
Kyrie eleison.