06 de março de 2018

Devemos dar à Cristo belo louvor

Em meados do século V, o bispo Caio Célio Sedúlio, da Acaia, compôs A solis ortus cardine. Lutero traduziu esta composição, mas conhecia também traduções alemãs, inclusive uma tradução de Müntzer. A tradução de Lutero, possivelmente, surgiu por volta do Natal de 1523.

 

1- Ao filho de Maria dai sumo louvor, vinde adorai!
Até aonde o sol brilhar queremos seu louvor cantar.
2- Quem céu, e terra, e mar criou em servo humilde se humanou.
Por carne a carne resgatar veio ele, a criação salvar.

3- A graça rica do alto céu na virgem casta se verteu.
No ventre ela um mistério traz que compreender não sou capaz.

4- Do coração o casto lar um templo veio se tornar.
A que varão nenhum tocou do Verbo eterno engravidou.

5- À luz nos deu a mãe gentil o prometido por Gabriel, ao que São João reconheceu nos saltos que no ventre deu.
6- Em pobre palha, em cocho vil jaz a criança tão gentil.
Um pouco leite bastou já ao que sustento ao mundo dá.

7- No céu entoam seu louvor os coros de anjos ao Senhor.
Nos campos anunciando estão o Bom Pastor da criação.
8- Louvor e graça a ti darei, nascido de Maria, e Rei.
Ao Pai e Espírito também agora e sempre, amém, amém.