01 de julho de 2007

Não têm conta os males que me cercam;

Salmo 40

Nesse e noutros salmos fala o e Espírito Santo na pessoa de Jesus Cristo, e testemunha com palavras claras e evidentes que Cristo tem pecado. Aqui, a razão, o judeu e o muçulmano gritam sobre nós cristãos: como entender isso a respeito de Deus? Como pode Deus ser um servo? Como pode ser um miserável pecador? Ajude-nos! Que homens loucos, desvairados somos nós, cristãos, comparados com essas pessoas sábias e santas que não adoram criaturas, mas, somente, o único Deus! Qual seria seu pecado? Ou como pôde acontecer que se tornou pecador? Ele se tornou pecador conforme diz Isaías: “O Senhor lançou sobre ele o pecado de todos nós” (Isaías 53.6). Pois, quando todos andávamos errantes como as ovelhas, Deus, o Pai, encontrou esta solução: tomou os pecados de todos os homens e os colocou sobre os ombros dele, que era o único sem pecado, por causa do amor que tinha para com o gênero humano.