CIL - Comissão Interluterana de Literatura  
   português  english
Menu
Página Inicial
Quem somos
Obras de Lutero
Obras Selecionadas
Chave Multilíngue
A vida de Lutero
Castelo Forte
Confissão de Augsburgo
Convênio de Cooperação
Conferência Nacional Interluterana
Literatura sobre Lutero
Hinos de Lutero
Igrejas Luteranas
Medite com o Castelo Forte
Meditações de Lutero
Um homem do Milênio
Informativos
O Abraço de Deus
Dicas de Redação
Contate-nos
Procure por mensagens
 
 
Castelo Forte
 

Mensagens do Castelo Forte
- Presente o ano todo -

 

11/01/2008

Você é pescador ou é peixe?
Marcos 1.14-20

 

Venham comigo, que eu ensinarei vocês a pescar gente (v. 17).
Nós somos, ao mesmo tempo, peixes e pescadores. Como peixes, neste vasto “mar”, que é o mundo, nós estamos na companhia de muitos e diferentes tipos. Como peixes, estamos expostos a muitas redes e a uma vasta parafernália e modelos de iscas, que os “pescadores” usam para atrair suas presas. Na pescaria, em sentido literal, não existe uma forma suave de pescar: atrair, fisgar, puxar, pegar, apanhar, tirar o anzol da boca do peixe, o que o machuca e é muito doloroso. Não é por pouca coisa que ele se debate e tenta escapulir de todo jeito.
Segundo a mensagem de hoje, o lado bom de ser peixe é que, assim que for apanhado na rede do Senhor Jesus, você será chamado a ser pescador. O desejo de Deus é que aquele que for fisgado para a causa do Reino, possa tornar-se “pescador de gente”, como Pedro e os outros discípulos.
Se você é pescador, já sabe que o mar está infestado dos mais diversos anzóis, iscas e redes, a ponto de haver peixes confusos, sem saber onde nadar. Conquistar pessoas para o Reino de Deus significa libertá-las das redes em que estão presas, curar as feridas e restaurar-lhes a dignidade. Ser pescador de gente significa ser enviado a outras pessoas. O Pai sempre sabe onde nossa presença é necessária. Recolher pessoas para que elas possam conhecer o amor de Deus – esta é a tarefa missionária de cada um e de cada uma de nós. A tarefa está muito distante de ser cumprida. Jesus lhe diz: “Venha comigo que eu lhe ensinarei a pescar gente!”

 

 

 

Senhor, agradeço-te pelas bênçãos e pelo trabalho que providencias para mim. Orienta-me, para que eu saiba reconhecer as redes e não caia em armadilhas. Ajuda-me a ser um pescador cuidadoso. Capacita-me, pela tua graça e conforme a tua vontade, para agir no momento oportuno. Amém.


encaminhe encaminhe | imprima imprima


Leia as meditações anteriores através do nosso histórico:

 

  Mensagem do dia 25/12/2008
  Mensagem do dia 18/12/2008
  Mensagem do dia 11/12/2008
  Mensagem do dia 04/12/2008
  Mensagem do dia 24/11/2008
  Mensagem do dia 17/11/2008
  Mensagem do dia 10/11/2008
  Mensagem do dia 27/10/2008
  Mensagem do dia 20/10/2008
  Mensagem do dia 13/10/2008
  Mensagem do dia 06/10/2008
  Mensagem do dia 25/09/2008
  Mensagem do dia 18/09/2008
  Mensagem do dia 11/09/2008
  Mensagem do dia 04/09/2008
  Mensagem do dia 25/08/2008
  Mensagem do dia 18/08/2008
  Mensagem do dia 11/08/2008
  Mensagem do dia 04/08/2008
  Mensagem do dia 25/07/2008
  Mensagem do dia 17/07/2008
  Mensagem do dia 09/07/2008
  Mensagem do dia 01/07/2008
  Mensagem do dia 25/06/2008
  Mensagem do dia 18/06/2008
  Mensagem do dia 11/06/2008
  Mensagem do dia 02/06/2008
  Mensagem do dia 24/05/2008
  Mensagem do dia 17/05/2008
  Mensagem do dia 09/05/2008
  Mensagem do dia 24/04/2008
  Mensagem do dia 17/04/2008
  Mensagem do dia 10/04/2008
  Mensagem do dia 03/04/2008
  Mensagem do dia 27/03/2008
  Mensagem do dia 20/03/2008
  Mensagem do dia 13/03/2008
  Mensagem do dia 06/03/2008
  Mensagem do dia 23/02/2008
  Mensagem do dia 16/02/2008
  Mensagem do dia 08/02/2008
  Mensagem do dia 01/02/2008
  Mensagem do dia 25/01/2008
  Mensagem do dia 18/01/2008
  Mensagem do dia 11/01/2008
  Mensagem do dia 04/01/2008
   
  Mensagens de 2017
  Mensagens de 2016
  Mensagens de 2015
  Mensagens de 2014
  Mensagens de 2013
  Mensagens de 2012
  Mensagens de 2011
  Mensagens de 2010
  Mensagens de 2009
  Mensagens de 2007
  Mensagens de 2006
  Mensagens de 2005
  Mensagens de 2004
  Mensagens de 2003
  Mensagens de 2002
Editoras

Editora Sinodal
Rua Amadeo Rossi, 467
CEP: 93.030-220
São Lopoldo - RS
Fone/Fax: (51) 3037-2366
www.editorasinodal.com.br
editora@editorasinodal.com.br
Editora Concórdia

Avenida Pátria, 466
CEP: 90.230-070
Porto Alegre – RS
Fone/fax: (51) 3272-3456

www.editoraconcordia.com.br
editora@editoraconcordia.com.br
Atenção!
Envie sua opinião e sugestões sobre o site da CIL para:

cil@lutero.com.br
Deseja adquirir algum produto de nossas editoras?
Confira a lista de distribuidores:
Editora Sinodal
Editora Concórdia
 
Caixa Postal: 11 - CEP: 93001-970 - São Leopoldo - RS - Brasil - Fone: (51) 3037-2366   
Desenvolvimento PW Agency