CIL - Comissão Interluterana de Literatura  
   português  english
Menu
Página Inicial
Quem somos
Obras de Lutero
Obras Selecionadas
Chave Multilíngue
A vida de Lutero
Castelo Forte
Confissão de Augsburgo
Convênio de Cooperação
Conferência Nacional Interluterana
Literatura sobre Lutero
Hinos de Lutero
Igrejas Luteranas
Medite com o Castelo Forte
Meditações de Lutero
Um homem do Milênio
Informativos
O Abraço de Deus
Dicas de Redação
Contate-nos
Procure por mensagens
 
 
Castelo Forte
 

Mensagens do Castelo Forte
- Presente o ano todo -

 

17/05/2008

Da liberdade cristã
1 Coríntios 7.17-24

 

Deus os comprou por um preço; portanto, não se tornem escravos de criaturas humanas (v. 23).
É conhecida a expressão: “Sou livre e senhor do meu próprio nariz”. A realidade, porém, mostra que não somos tão livres assim. Há a escravidão dos bens materiais, do consumo desenfreado, dos jogos de azar, das bebidas alcoólicas, das drogas.... É o ter sobrepondo-se ao ser. Tornamo-nos escravos das nossas próprias necessidades. Vivemos para nós mesmos.
Clarilde é jovem e ganha um salário razoável. Quase tudo é gasto em roupas, calçados e cosméticos. Ela é uma consumista de carteirinha. Está voltada para o próprio “eu”. Não se interessa em servir ao próximo. Não participa da Igreja em que foi batizada e confirmada.
Quantas vezes, obedecemos a princípios consumistas que pregam uma falsa liberdade! Em si, não existe escolha entre escravidão e liberdade. Decisiva é a pergunta: qual é a autoridade que determina a nossa vida? Cristo, que deu a sua vida por nós, ou outros poderes?
Liberdade é dádiva e não uma conquista do esforço humano. Conforme Martim Lutero: “Um cristão é senhor livre sobre todas as coisas e não está sujeito a ninguém. Um cristão é servidor de todas as coisas e sujeito a todos” (Da Liberdade Cristã).
A liberdade cristã deve ser vivida neste mundo com as suas múltiplas ameaças e dores. Diferente de Clarilde, ela nos motiva a servir na comunidade com os nossos dons, em amor, assim como o Cristo crucificado e ressuscitado o fez.
Que Deus nos ajude a viver na liberdade cristã!

 

 

 

Misericordioso Deus, nós pensamos que somos livres e não percebemos a nossa escravidão. Perdoa-nos! Somos gratos pela morte e ressurreição de Cristo e pela dádiva da liberdade cristã, que nos motiva a servir a ti e ao próximo com os dons que tu nos deste. Amém.


encaminhe encaminhe | imprima imprima


Leia as meditações anteriores através do nosso histórico:

 

  Mensagem do dia 25/12/2008
  Mensagem do dia 18/12/2008
  Mensagem do dia 11/12/2008
  Mensagem do dia 04/12/2008
  Mensagem do dia 24/11/2008
  Mensagem do dia 17/11/2008
  Mensagem do dia 10/11/2008
  Mensagem do dia 27/10/2008
  Mensagem do dia 20/10/2008
  Mensagem do dia 13/10/2008
  Mensagem do dia 06/10/2008
  Mensagem do dia 25/09/2008
  Mensagem do dia 18/09/2008
  Mensagem do dia 11/09/2008
  Mensagem do dia 04/09/2008
  Mensagem do dia 25/08/2008
  Mensagem do dia 18/08/2008
  Mensagem do dia 11/08/2008
  Mensagem do dia 04/08/2008
  Mensagem do dia 25/07/2008
  Mensagem do dia 17/07/2008
  Mensagem do dia 09/07/2008
  Mensagem do dia 01/07/2008
  Mensagem do dia 25/06/2008
  Mensagem do dia 18/06/2008
  Mensagem do dia 11/06/2008
  Mensagem do dia 02/06/2008
  Mensagem do dia 24/05/2008
  Mensagem do dia 17/05/2008
  Mensagem do dia 09/05/2008
  Mensagem do dia 24/04/2008
  Mensagem do dia 17/04/2008
  Mensagem do dia 10/04/2008
  Mensagem do dia 03/04/2008
  Mensagem do dia 27/03/2008
  Mensagem do dia 20/03/2008
  Mensagem do dia 13/03/2008
  Mensagem do dia 06/03/2008
  Mensagem do dia 23/02/2008
  Mensagem do dia 16/02/2008
  Mensagem do dia 08/02/2008
  Mensagem do dia 01/02/2008
  Mensagem do dia 25/01/2008
  Mensagem do dia 18/01/2008
  Mensagem do dia 11/01/2008
  Mensagem do dia 04/01/2008
   
  Mensagens de 2017
  Mensagens de 2016
  Mensagens de 2015
  Mensagens de 2014
  Mensagens de 2013
  Mensagens de 2012
  Mensagens de 2011
  Mensagens de 2010
  Mensagens de 2009
  Mensagens de 2007
  Mensagens de 2006
  Mensagens de 2005
  Mensagens de 2004
  Mensagens de 2003
  Mensagens de 2002
Editoras

Editora Sinodal
Rua Amadeo Rossi, 467
CEP: 93.030-220
São Lopoldo - RS
Fone/Fax: (51) 3037-2366
www.editorasinodal.com.br
editora@editorasinodal.com.br
Editora Concórdia

Avenida Pátria, 466
CEP: 90.230-070
Porto Alegre – RS
Fone/fax: (51) 3272-3456

www.editoraconcordia.com.br
editora@editoraconcordia.com.br
Atenção!
Envie sua opinião e sugestões sobre o site da CIL para:

cil@lutero.com.br
Deseja adquirir algum produto de nossas editoras?
Confira a lista de distribuidores:
Editora Sinodal
Editora Concórdia
 
Caixa Postal: 11 - CEP: 93001-970 - São Leopoldo - RS - Brasil - Fone: (51) 3037-2366   
Desenvolvimento PW Agency