CIL - Comissão Interluterana de Literatura  
   português  english
Menu
Página Inicial
Quem somos
Obras de Lutero
Obras Selecionadas
Chave Multilíngue
A vida de Lutero
Castelo Forte
Confissão de Augsburgo
Convênio de Cooperação
Conferência Nacional Interluterana
Literatura sobre Lutero
Hinos de Lutero
Igrejas Luteranas
Medite com o Castelo Forte
Meditações de Lutero
Um homem do Milênio
Informativos
O Abraço de Deus
Dicas de Redação
Contate-nos
Procure por mensagens
 
 
Castelo Forte
 

Mensagens do Castelo Forte
- Presente o ano todo -

 

04/12/2008

A escuridão virará luz
Isaías 60.1-14

 

A terra está coberta de escuridão, os povos vivem nas trevas (v. 2).
Escuridão assusta. No escuro, qualquer ruído se torna terrível. Filmes de terror abusam dela. Locais escuros são considerados perigosos. O ser humano tem medo da escuridão física, mas não teme a escuridão espiritual. Na verdade, muitas vezes, nem percebe que está em completa escuridão. Em pleno meio-dia, encontra-se em trevas.
Sua vida também está na escuridão? Deus tem a luz. E, com ela, quer iluminar a todos. É com a presença do Salvador Jesus que ele quer lançar um raio de luz no cotidiano da sua vida.

Estamos na época de espera pelo Salvador. Comemoramos a chegada dele e, com isso, cumprem-se todas as promessas da antiga aliança. Lembro que estamos na Nova Aliança, firmada na fé, não em leis. E, assim como o sorriso de alguém querido ilumina um dia triste, esta boa notícia ilumina o coração fiel. Podem vir raios e trovões. E virão! Podem vir problemas dos mais diversos. A luz de Cristo, porém, iluminará qualquer situação e mostrará a direção que deve ser seguida. A mão protetora do Pai guiará mesmo no “vale escuro como a morte” (Salmo 23.4).

Se a escuridão ameaça a sua vida, lembre-se de que a Luz quer brilhar. Não a impeça! Permita que Deus o guie. Confie nele, que prometeu e enviou o Salvador; que prometeu estar com aqueles que nele crêem e assegura que voltará para levar para junto de si os seus fiéis. Se a escuridão quer dominá-lo, resista! Nunca desanime. As promessas de Deus continuam valendo, também para você.

 

 

 

Em meio às trevas, tu me darás luz. Em meio à aflição, tu és meu rochedo seguro, Senhor. Sem ti nada sou, nada tenho. Ilumina os meus caminhos com a luz de Cristo até o dia da sua volta triunfal. Se o mundo me atacar, protege-me, para que eu resista na fé até o dia do Senhor. Amém.


encaminhe encaminhe | imprima imprima


Leia as meditações anteriores através do nosso histórico:

 

  Mensagem do dia 25/12/2008
  Mensagem do dia 18/12/2008
  Mensagem do dia 11/12/2008
  Mensagem do dia 04/12/2008
  Mensagem do dia 24/11/2008
  Mensagem do dia 17/11/2008
  Mensagem do dia 10/11/2008
  Mensagem do dia 27/10/2008
  Mensagem do dia 20/10/2008
  Mensagem do dia 13/10/2008
  Mensagem do dia 06/10/2008
  Mensagem do dia 25/09/2008
  Mensagem do dia 18/09/2008
  Mensagem do dia 11/09/2008
  Mensagem do dia 04/09/2008
  Mensagem do dia 25/08/2008
  Mensagem do dia 18/08/2008
  Mensagem do dia 11/08/2008
  Mensagem do dia 04/08/2008
  Mensagem do dia 25/07/2008
  Mensagem do dia 17/07/2008
  Mensagem do dia 09/07/2008
  Mensagem do dia 01/07/2008
  Mensagem do dia 25/06/2008
  Mensagem do dia 18/06/2008
  Mensagem do dia 11/06/2008
  Mensagem do dia 02/06/2008
  Mensagem do dia 24/05/2008
  Mensagem do dia 17/05/2008
  Mensagem do dia 09/05/2008
  Mensagem do dia 24/04/2008
  Mensagem do dia 17/04/2008
  Mensagem do dia 10/04/2008
  Mensagem do dia 03/04/2008
  Mensagem do dia 27/03/2008
  Mensagem do dia 20/03/2008
  Mensagem do dia 13/03/2008
  Mensagem do dia 06/03/2008
  Mensagem do dia 23/02/2008
  Mensagem do dia 16/02/2008
  Mensagem do dia 08/02/2008
  Mensagem do dia 01/02/2008
  Mensagem do dia 25/01/2008
  Mensagem do dia 18/01/2008
  Mensagem do dia 11/01/2008
  Mensagem do dia 04/01/2008
   
  Mensagens de 2017
  Mensagens de 2016
  Mensagens de 2015
  Mensagens de 2014
  Mensagens de 2013
  Mensagens de 2012
  Mensagens de 2011
  Mensagens de 2010
  Mensagens de 2009
  Mensagens de 2007
  Mensagens de 2006
  Mensagens de 2005
  Mensagens de 2004
  Mensagens de 2003
  Mensagens de 2002
Editoras

Editora Sinodal
Rua Amadeo Rossi, 467
CEP: 93.030-220
São Lopoldo - RS
Fone/Fax: (51) 3037-2366
www.editorasinodal.com.br
editora@editorasinodal.com.br
Editora Concórdia

Avenida Pátria, 466
CEP: 90.230-070
Porto Alegre – RS
Fone/fax: (51) 3272-3456

www.editoraconcordia.com.br
editora@editoraconcordia.com.br
Atenção!
Envie sua opinião e sugestões sobre o site da CIL para:

cil@lutero.com.br
Deseja adquirir algum produto de nossas editoras?
Confira a lista de distribuidores:
Editora Sinodal
Editora Concórdia
 
Caixa Postal: 11 - CEP: 93001-970 - São Leopoldo - RS - Brasil - Fone: (51) 3037-2366   
Desenvolvimento PW Agency